Casal que aliciava adolescente para o tráfico é preso em Araranguá

Agentes da Polícia Civil da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá prenderam um casal e um adolescente de 16 anos pela prática do crime de tráfico de drogas. A prisão aconteceu no residencial Flor do Campo, no bairro Mato Alto. Também foram apreendidos 360 gramas de crack, uma balança de precisão digital, pequenas porções de maconha, R$ 404 em dinheiro e duas facas usadas para dividir as pedras de crack.

As três pessoas estavam sendo investigadas pelos policiais há alguns meses. Segundo o delegado Jorge Giraldi, da DIC de Araranguá, o casal vendia drogas em ritmo acelerado. Para inibir a ação policial, eles mantinham em casa apenas porções pequenas de drogas. Além disso, aliciaram o adolescente para ele esconder os entorpecentes, enterrando-os perto da moradia do casal.

Antes recebendo R$ 100 por semana para enterrar a droga, depois o jovem já recebia R$ 10 a cada volta que fazia para os traficantes, por exemplo indo buscar o entorpecente que estava escondido. Com receio, o rapaz de 16 anos foi morar com a sogra. Ele namora uma tia da mulher presa por tráfico. A polícia esteve nesta casa também, onde encontrou quase a totalidade dos materiais apreendidos. A idosa, mãe da namorada do adolescente, não sabia de nada.

O casal, o homem com 27 anos e a mulher de 24 anos, foi autuado por tráfico e associação para o tráfico de drogas, com agravante de envolver um menor de idade no comércio ilegal de drogas. Eles foram levados ao Presídio Regional de Araranguá, onde o homem já cumpriu pena pelo mesmo crime. Inclusive, ele guardava em casa um recorte de jornal sobre a sua prisão anterior. Já o adolescente foi liberado após prestar depoimento.

 

Fonte: Engeplus