Secretaria da Saúde realiza mutirão para diminuir filas de cirurgias eletivas

03/04/2013 22:54

A Secretaria de Saúde de Siderópolis em parceria com os hospitais regionais começou um mutirão de cirurgias eletivas. Após um ano represadas, a administração municipal iniciou em fevereiro e até o final do mês de março 42 de pacientes que estavam na lista de espera realizaram as intervenções cirúrgicas.

 
De acordo com a secretária de Saúde, Luana Bez mais de 70 pacientes na lista de espera estavam com cirurgias represadas. “Uma das nossas primeiras ações foi pactuar os procedimentos com os hospitais. Depois realizamos um levantamento e apuramos a situação dos pacientes”, disse.
 
O prefeito Hélio Cesa, o Alemão comentou a importância em agilizar o atendimento aos pacientes. “Com essas ações, os procedimentos começaram a avançar e o nosso objetivo é  praticamente não existe mais filas para cirurgias eletivas. Sempre falei em campanha que seria o prefeito da saúde e nossa equipe vai trabalhar para que elas aconteçam regularmente”, acrescentou o chefe do Executivo.
 
Números
De fevereiro a março de 2013, o mutirão realizou 5 (cinco) cirurgias de otorrino; 10 pacientes operaram cataratas; outros 7 fizeram cirurgia de hérnia. Já 3 (três) pacientes passaram por intervenções ginecológicas; 12 de vasectomia e 5 (cinco) pacientes de ortopedia, somando 42 cirurgias eletivas. 
 
Procedimentos
Ainda na área de saúde foram realizados os procedimentos de vitrectomia posterior, fotocoagulação a laser, toracoplastia e varizes.
 
 
Colaboração: Cris Freitas