Alemão recebe R$ 500 mil para pavimentação asfáltica da SID 159 em Siderópolis

30/04/2013 19:14
O prefeito de Siderópolis, Helio Cesa, o Alemão e o vice-prefeito, Romi Remor receberam durante uma reunião almoço nesta segunda-feira (29) o presidente da Casan, Dalírio Beber e o deputado estadual, Dóia Guglielme. Na pauta, voltaram a conversar sobre a pavimentação da SID-159, rodovia que liga a Barragem do Rio São Bento ao Jordão. O projeto faz parte do plano de ação da construção da barragem e deverá ser concluído em quatro etapas. Neste primeiro momento, Dalírio liberou R$  500 mil para a pavimentação de 1 quilômetro. O convênio deverá ser assinado nos próximos dias.
O prefeito reivindicou a agilidade da obra. “Estamos fazendo uma gestão política de cobrança para viabilizar a obra. A pavimentação irá facilitar o acesso de turistas e visitantes por Siderópolis. Queremos transformar o potencial turístico e mexer com o desenvolvimento econômico do município.”
Ele ainda complementou que a barragem do Rio São Bento é um equipamento turístico, mas precisamos mudar o conceito de uso, respeitando os cuidados com o meio ambiente.  “Temos um projeto para criar a Fundação do Meio Ambiente e, a partir daí, trabalhar para implantar dentro dos padrões permitidos uma escola de remo, incentivar a pratica de esportes como: vela, caiaque.”
Outra solicitação do chefe do Executivo foi o abastecimento de água nas comunidades de Santo Antônio, Jordão Médio e Linha da Boit que estão a apenas 500 metros da barragem.
O deputado estadual Dóia Guglielme falou da importância do asfalto para Siderópolis. “O município vai estourar no turismo sustentável e gastronômico. É importante a tua reivindicação, é um apelo para que a Casan entenda o nosso pedido.”

O presidente da Casan, Dalírio Beber informou que a Casan irá realizar a obra em quatro etapas. “A gente se motiva em ver um prefeito que sabe os projetos que quer. O Alemão é guerreiro, é lutador. Sabemos da importância da barragem como abastecimento humano e também para a rizicultura. Também sobre o pleito turístico da barragem é preciso criar uma comissão englobando a Prefeitura, Casan e órgãos ambientais para dentro das normativas liberar o uso do local.”
Participaram do encontro o presidente da Câmara de Siderópolis, Romildo Soares, os vereadores Tiago Albônico, Jadna Rodrigures, Joênio Marques, Valmor Zanelatto, os secretários de Obras, Dioni Burnagui e de Finanças, Wilson Scaini, os presidentes do PMDB e PSDB, funcionários da Casan e demais lideranças políticas. 

 
Colaboração: Cris Freitas