Projeto social ensina a arte da música a adultos de Siderópolis

19/10/2015 22:23

Quem passa em frente à Escola de Música Sal da Terra, próxima ao centro de Siderópolis, pode ouvir as notas recém-aprendidas pelos alunos dos projetos sociais do município. No entanto, no fim da tarde das quintas-feiras, a classe é um pouco diferente. São homens e mulheres com mais de 30 anos, que estão tendo a primeira experiência com o violão.

Desenvolvida em parceria com o Governo Municipal e a Associação Sideropolitana dos Amigos do Esporte (Asame), a Oficina de Voz e Violão beneficia 15 adultos, oportunizando o acesso ao aprendizado da música. Quem ministra as aulas é o professor Gelson Viana de Miranda. Gelsinho, como é conhecido pelos alunos, usa a sensibilidade da classe para ensinar os acordes. “Meu método de ensino é baseado em trabalhar a emoção de cada um, pois, na verdade, tudo em nós parte da emoção”, explica.

O grupo, iniciado em agosto, já domina algumas notas musicais. Ao embalo de “Como é grande o meu amor por você”, “Cuitelinho”, “Chalana” e “Peixe vivo”, os alunos vão desenvolvendo a paciência, a técnica e a atenção. As canções são escolhidas de acordo com os gostos e as dificuldades de cada um. “No início, eu passo uma apostila básica para eles. Depois, no decorrer das aulas, eles vão personalizando-a. Assim, o repertório vai sendo formado pela experiência cultural e social de cada um”, acrescenta o professor.

Entre os alunos, há aqueles que nunca haviam tido algum contato com o violão. “Quando entrei no grupo nem sabia de nada. Até tinha interesse antes, quando era adolescente queria muito aprender a tocar, mas não tinha como. Agora já sei tocar várias músicas completas”, comenta a comerciante Maria Helena Brignoli, de 56 anos.

Outros até já tinham tido algum contato e agora aprofundam o conhecimento. “Comecei no ano passado, fiz seis meses de aula e depois parei, pois quebrei o braço. Agora voltei a frequentar as aulas e estou me sentindo mais feliz. A música ajuda bastante e eu gosto muito. Antes era bem tímida e agora já percebo uma diferença até nisso”, afirma a dona de casa Jane Leão, de 54 anos.

O projeto

A Oficina de Talentos Musicais de Siderópolis atende mais de 100 pessoas, entre crianças, jovens e adultos. Além de aprenderem a tocar algum instrumento – como violão, bateria, teclado ou contrabaixo – os alunos ainda têm aulas de técnica vocal.  Atualmente as turmas estão completas, tendo fila de espera para algumas idades. Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas através do telefone 8442-0553 ou 3435-3803.

Colaboração: Suelen Bongiolo