Vistorias aprovam oito Comunidades terapêuticas, entre elas esta. Rosa de Saron de. Siderópolis.

Vistorias aprovam oito Comunidades terapêuticas, entre elas esta. Rosa de Saron de.  Siderópolis.

 

Oito comunidades terapêuticas para dependentes químicos de Criciúma e região estão pré-aprovadas para captar recursos via governo do Estado visando manutenção das suas atividades. As vistorias foram realizadas nos últimos dias e os relatórios das entidades com os responsáveis pela fiscalização serão assinados sexta-feira para envio à Secretaria Estadual da Saúde.

“Para que o repasse aconteça precisamos saber se essas instituições estão funcionando”, explica o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), João Fabris, justificando a razão das vistorias, que contaram com amparo da gerência regional de Saúde, Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Conselho Estadual de Entorpecentes. “Foi necessário verificar cumprimento de pré-requisitos de vigilância, qualidade no atendimento, documentos, alvarás e outros”, detalha

(Além do Desafio Jovem, com matriz e filial em Criciúma, foram aprovados o Centro de Recuperação Vida Jovem e Comunidade Terapêutica Casa de Restauração (Balneário Rincão), Comunicade Terapêutica Águas Vivas Criciúma), Centro de Tratamento de Adicções (Içara), Comunidade Terapêutica Luz no Vale (Nova Veneza), Comunidade Terapêutica Rosa de Saron (Siderópolis) e PIAA / Programa Institucional Aluno Aprendiz (Treviso).

(Colaboração: Paula Darós Darolt / ADR Criciúma)