Operador de minerador morre em subsolo de mina em Treviso

03/10/2013 21:56

operador de máquina mineradora, Jarbas Cristopher Lenhani, 34 anos, que trabalhava há cerca de três anos na Mina Fontanella, da Carbonífera Metropolitana, em Treviso, morreu no final da madrugada desta quinta-feira. De acordo com informações repassadas pelo presidente do Sindicato dos Mineiros de Siderópolis, Antônio Cézar Stairk, o mineiro foi vítima de esmagamento, no subsolo da mina. O trabalhador era morador de Treviso, casado e deixa dois filhos. Em 1º de julho deste ano, outro acidente com morte ocorreu na mesma unidade mineradora.

A diretoria do sindicato se dirigiu nesta manhã à mina para apurar as circunstâncias do acidente. “Ele recebeu socorro dos socorristas da mina, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado ao local e o mineiro foi levado de ambulância ao Hospital São João Batista, de Criciúma, mas chegou lá sem vida”, informou Stairk.

Conforme o site 
Engeplus, em nota enviada nesta manhã, a carbonífera informa que à tarde a empresa realizará a reunião com a Comissão Interna de Segurança do Trabalho, representantes dos trabalhadores, Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e Ministério Público do Trabalho (MPT)para analisar as causas do acidente. leia na íntegra a nota oficial enviada à imprensa:

Nota de falecimento

"A Carbonífera Metropolitana comunica, com pesar, o acidente seguido de morte que vitimou o funcionário Jarbas Cristopher Lenhani, 34 anos, por volta das 7h30min da manhã desta quinta-feira, 3 de outubro, na mina Fontanella, em Treviso. Jarbas Cristopher Lenhani, residia em Treviso, era operador de minerador contínuo e atuava na empresa desde 12 de julho de 2010. As equipes de segurança e da Comissão Interna de Segurança do Trabalho se deslocaram ao local do acidente onde estão verificando as circunstâncias do acidente, ocorrido durante sua atividade.

Após o acidente as equipes de socorro realizaram os primeiros atendimentos e em seguida foi feito o deslocamento para o hospital em
Criciúma.

A empresa, através das suas equipes de psicologia e assistência social, está em contato com os familiares de Jarbas Cristopher Lenhani, para que seja prestada toda a assistência necessária neste momento. A Carbonífera Metropolitana, através da sua diretoria, lamenta o acidente e está realizando todos os procedimentos para verificação das causas.

À tarde a empresa realizará a reunião com a Comissão Interna de Segurança do Trabalho, representantes dos trabalhadores, Departamento Nacional de Produção Mineral e Ministério Público do Trabalho para analisar as causas do acidente".

>SEGURANÇA

Pai leva filhos à morte atirando carro de precipício

  SET 2017 12h26   Um homem de 27 anos arremessou o...

Sala de aula da escola Sílvio Ferraro é alvo de vandalismo

Um incêndio, aparentemente provocado, queimou essa noite parte de uma sala de aula da...

Pelas placas, o Estado de Criciúma e o Estado de Siderópolis

    21 AGO 2017 18h04   A aula de Geografia...