Prefeitos entregam solicitação da construção de um quartel em Siderópolis

24/09/2013 19:37

Os prefeitos municipais de Siderópolis, Helio Cesa, Nova Veneza, Evandro Gava, e Treviso, João Réus Rossi, acompanhados do Secretário de Desenvolvimento Regional (SDR) de Criciúma, Luiz Fernando Cardoso, e vereadores locais, fizeram hoje a entrega formal da solicitação da construção de um quartel do Corpo de Bombeiros Militar, em Siderópolis. De acordo com a comitiva, o terreno para a construção já está viabilizado, assim como uma verba local proveniente da SDR. O projeto, com previsão de conclusão para 2015, considera a pavimentação da rodovia SC-447, que liga Treviso a Lauro Muller, ao qual criará um fluxo de veículos muito maior, e a instalação de uma usina termoelétrica na região, deve trazer novos moradores e investimentos para o Treviso.

O vice-governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, e o subcomandante-geral do CBMSC, Coronel BM Gladimir Murer, receberam os documentos e realizaram uma conferência referente ao assunto. O Comandante do 4° Batalhão (Criciúma), Tenente Coronel Lázaro Santin, e outros bombeiros militares também acompanharam a reunião.

Para o Coronel Murer, a maior dificuldade na viabilização do projeto são os recursos humanos. “Temos um pleito junto ao Governo do Estado para aprovação da inclusão de 250 bombeiros por ano, o que supriria os 100 que vão para a reserva anualmente e prospectaria o crescimento e as melhorias no atendimento, possibilitando a inauguração de novos quartéis”, explicou.

O vice-governador assinalou positivamente no sentido de levar ao conhecimento do Governador as demandas apresentadas. “Vamos adicionar esse demanda no pleito regional. A construção de uma usina térmica de carvão terá um investimento de mais de 2 bilhões de reais e o crescimento da região é claro. Precisamos prover a população com a estrutura necessária”, complementando que, em sua visão, a inclusão de um maior número de bombeiros é uma necessidade.

O prefeito de Siderópolis, Helio Cesa, o Alemão, destacou que os três prefeitos estão trabalhando nesta tarefa de fazer com que os três municípios tenham força política. “Nós não estamos só pleiteando, fizemos tudo o que a burocracia pede para viabilizar a unidade do Corpo de Bombeiros. Há dois meses, os projetos estão sendo encaminhados para aprovação e as Câmaras de Vereadores fizeram os seus tramites legais. Hoje, oficializamos o pedido e queremos sensibilizar o comando da corporação para conquistar a nossa unidade que trará ainda mais qualidade no atendimento aos cidadãos dos municipios”, afiança o chefe do poder executivo.

Ele acrescentou que, anexo a corporação, deverá funcionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Defesa Civil de Siderópolis.

Colaboração: Cris Freitas

>SEGURANÇA

Pai leva filhos à morte atirando carro de precipício

  SET 2017 12h26   Um homem de 27 anos arremessou o...

Sala de aula da escola Sílvio Ferraro é alvo de vandalismo

Um incêndio, aparentemente provocado, queimou essa noite parte de uma sala de aula da...

Pelas placas, o Estado de Criciúma e o Estado de Siderópolis

    21 AGO 2017 18h04   A aula de Geografia...