Convenção define a candidatura Marcos Feltrin e Ademir Donadel

28/06/2012 23:59

Cerca de 300 pessoas participaram na noite desta quinta-feira (28) da convenção que definiu pela candidatura a prefeito de Marcos Feltrin e de vice de Ademir Donadel, ambos do Partido Progressista. A homologação dos nomes aconteceu no Centro Social Urbano, em Siderópolis, e contou com a presença do deputado Valmir Comin, do prefeito e presidente do PP local, Douglas Warmling, o Guinga, da presidente do PTC, Sirlene Rodrigues, do presidente do PPS, Sérgio Japonês, do presidente do DEM, Júlio Lazzarin e do vice-presidente do PDT e vice-prefeito, Elvi Donadel.

Durante discurso, Marcos Feltrin falou da família ao chamar a esposa Marlene, com quem é casado há 30 anos. “A família é o que há de mais sagrado na minha vida, e quero aqui agradecer o apoio da minha esposa, dos meus filhos, e de todos aqueles que estão contribuindo nessa caminhada”, afirmou. ”Não tenho dúvidas de que essa militância empolgada nas ruas fará a diferença até o dia 7 de outubro, para que possamos continuar transformando Siderópolis como aconteceu nestes últimos oito anos”, disse Feltrin.

Ademir Donadel, por sua vez, reafirmou seu compromisso com as comunidades e enalteceu a nominata de vereadores que foi apresentada. O prefeito Douglas Warmling, o Guinga, disse que os partidos tiveram paciência e sabedoria para escolher os candidatos e conclamou os militantes para irem às ruas. “Nós vamos para as ruas com garra, com história, com discurso. Essa militância não vai ficar em casa. Nós vamos mostrar que Siderópolis está no caminho certo, que Siderópolis está embalada, que Siderópolis sabe pra onde quer ir, porque a história nos une, o presente nos une, e o futuro também nos une”, comentou entusiasmado.

O deputado estadual Valmir Comin lembrou que o PP está na base de apoio dos Governos Federal e Estadual, e assumiu compromisso na liberação de recursos a partir de 1º de janeiro de 2013 para Siderópolis. “Este é um time vencedor, e vamos mostrar isso durante a campanha e no dia da eleição. Siderópolis não pode parar e nem voltar para o passado”, finalizou.

 

Textos: João Manoel Neto Fotos: Valdir de Souza

 

 

Clique aqui para ver mais Fotos